O Sertão está em agonia

cabec3a7alho-fuc1

Nordestinos apresentam canção sobre o Sertão no FUC

             A música Agonília foi apresentada pela dupla Achiles Silveira Neto e Marcus Silva Marinho, acompanhados da percussão da banda do FUC, na Etapa Nacional do 26º Festival Universitário da Canção no dia 20 de junho. A canção é lenta como uma balada, mas tem um toque nordestino, principalmente por ser essa a origem dos participantes.

            O intérprete tem um timbre forte, canta em tons agudos em alguns momentos, e sua oscilação vocal causou alguns momentos de desafinação. Além disso, sua fala é quase incompreensível em boa parte da música. O violão dá leveza e simplicidade à canção, pela repetição de acordes, enquanto os instrumentos usados pela percussão, como chocalho e sinos dão um clima de natureza, paz e tranquilidade.

Agonília-TaísCréditoGasparini

Foto: Lente Quente/ Camila Gasparini

            A letra da música é como uma poesia e até possui algumas rimas. O tema é a seca, a luta pela vida no sertão, utilizando o peixe como metáfora. Algumas palavras incomuns, pelo menos não populares nem utilizadas no diálogo informal fazem parte dessa composição. Essa escolha não foi valorizada pois a voz do cantor não estava muito clara, dificultando a compreensão desse conteúdo.

Um ponto positivo de Agonília é a sensação que causa no ouvinte, que lembra o clima do sertão, a seca, o sofrimento e também a serenidade. A parte instrumental é a de melhor destaque, a percussão lembra os sons de animais, o violão nos remete a canções nordestinas, e a parte cantada parece quase um complemento nesse quesito. O intérprete expressa emoção nos gestos e na maneira de cantar, a letra é grande e cheia de sentido e se completa com a música.

Taís Borges

Serviço:

Música: Agonília

Letra: Achiles Silveira Neto

Música: Marcus Silva Marinho

About these ads
Etiquetas: , ,

3 Comentários to “O Sertão está em agonia”

  1. Desafinações? (acho difícil)… A letra é grande ? (não é não ) A letra da música é como uma poesia?(como assim .. É UMA POESIA)
    o violão remete à música nordestina???.. o que menos tem de nordestino é o violão de marcus (puro ROCK ROLL) nessa música ….
    você pode ter confundido na melodia de achiles que é rica em sétimas .(que lembra muito o nordeste).. e os nossos ouvidos não estão bem acostumados.. enfim
    NÃo Gostei do ponto de vista de quem escreveu …
    uma musicalidade tão rica e interpretação incontestável que os fizeram chegar onde chegaram!!!
    a CRÍTICA DEVERIA tomar umas doses maiores de SENSIBILIDADE . bjs

  2. Como pode tanta estupidez caber numa só pessoa chamada Taís Borges. Devia fazer fazer um curso de redação, aliás devia voltar a estudar português, aprender a reconhecer poesia. Música então nem se fala. Ela devia começar aprendendo onde é o dó no piano.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 33 outros seguidores

%d bloggers like this: